Arquivo de 26/set/2008

Crise de vertigem – É uma emergência médica?

Categoria(s): Cuidados preventivos, Distúrbios do equilíbrio, Emergências


Orientação

Sim, apesar não ser considerada um causa de risco de morte, é uma emergência médica. Nos casos agudos, o quadro clínico é devastador, implicando na incapacitação física temporária, gerando a impressão de uma doença de maior gravidade, como infarto do miocárdio ou acidente vascular cerebral.

A crise vertiginosa que não cessa rapidamente, acompanhada de náuseas, vômitos, palidez, taquicardia e queda da pressão pode requerer internação hospitalar, para melhor diagnóstico e tratamento. Sobretudo conforto e segurança para o paciente e seus familiares.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Crise de vertigem – Os médicos valorizam ou subvalorizam?

Categoria(s): Distúrbios do equilíbrio


Tratamento

Os médicos de uma forma geral desconhecem todas implicações fisiológicas que estão envolvidas no equilíbrio e na sua perda. Muitas vezes não procuram realizar o diagnóstico completo do distúrbio que causou a disfunção do sistema vestibular, limitando-se a prescrever um medicamento antivertiginoso.

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Crise de vertigem – Deve-se ou não, tomar de água?

Categoria(s): Distúrbios do equilíbrio


Orientações gerais

Na fase aguda da vertigens é muito comum os vômitos, que se forem muito intenso leva a desidratação. Deve-se repor líquidos por via endovenosa (soro fisiológico). O ideal é tomar quatro a seis copos de água durante o dia.

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 3123