Arquivo de 26/jul/2009

Dermatofitose – O que é?

Categoria(s): Distúrbios da pele, Infectologia


As dermatofitoses são infecção da pele, causada por fungos (micoses) genericamente chamados de dermatófitos. Esses fungos são dos gêneros Microsporum, Trichophyton e Epidermophyton. As lesões resultam da presença do fungo ou de reações de hipersensibilidade. Os dermatófitos podem ser parasitas exclusivos da espécie humana, próprios de animais domésticos ou silvestres ou do solo. Assim, a infecção por esses fungos pode resultar do contato direto entre pessoas, de pessoas com animais ou a partir do solo onde se encontram os parasitas. As dermatofitoses têm predileção por determinadas áreas do corpo, de acordo com o gênero considerado. O Microsporum acomete pele e pêlos; o Trichophyton (tricos = cabelo) pode ocasionar lesões na pele, pêlos e unhas; ; e o Epidermophyton (epiderme = pele) atinge pele e unhas.

Devemos lembrar que as dermatofitoses são chamadas de micoses superficiais, ou seja acomete apenas as camadas superficiais da pele, os pêlos e às unhas. Existem micoses que atingem as estruturas profundas da pele e orgãos com os pulmões e o coração.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comments (1)     Envio por Email Envio por Email


Dermatofitose – Como diagnosticar?

Categoria(s): Distúrbios da pele


O diagnóstico das micoses é feito pelo exames direto das lesões por um médico especialista, o dermatologista. Em casos duvidosos, quando a lesão não é característica, pode-se fazer um exame direto do fungo através de um microscópio (exame micológico direto)do material retirado das lesões ou através da cultura em meio de Sabouraud. A lâmpada de Wood possibilita a complementação diagnóstica, quando se verifica fluorescência das lesões expostas à luz.

Meio de Sabouraud – meio de cultura apropriada  para o cultivo, isolamento e identificação de fungos patogênicos e leveduras. O ótimo crescimento dos fungos se deve às altas concentrações de carboidratos. O meio não dispõe de inibidores de microflora acompanhante, mas agentes inibidores podem ser adicionados. Os inibidores mais utilizados em associação com o ágar Sabouraud são os antibióticos: ciclohexemida, penicilina , estreptomicina e o cloranfenicol. As placas de culturas prontas devem ser armazenadas sob refrigeração (2º a 8ºC) por 2 meses.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Dermatofitose – Quais os tipos?

Categoria(s): Dicionário, Infecções fúngicas, Infectologia


As dermatofitoses (micoses superficiais) podem ter quadros clínicos diversos e diferentes locais comprometidos. Assim, torna-se possível a subdivisão do grupo segundo a localização das lesões, como: tinha do couro cabeludo, tinha da barba, tinha dos pés, tinha das mãos, tinhas das unhas,tinha crural, tinha do corpo.

Tags: , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 41234