Arquivo de 20/ago/2009

Câncer labial – É comum?

Categoria(s): Câncer, Programas de saúde


Incidência

vacina

Sim. Representa cerca de 2% dos casos de câncer em geral e cerca de 30% dos casos de câncer na boca. O tumor mais perigoso é o carcinoma epidermóide ou epitelioma espinocelular, constituído por proliferação de células da camada superficial da pele (figura), de caráter extremamente invasivo, podendo causar metástase em orgãos a distãncia. Ocupa cerca de 15% dos tumores epiteliais malignos, tendo origem freqüentemente na queratose solar ou actínica, leucoplasia, radiodermite crônica, úlceras crônicas e cicatrizes decorrentes de queimaduras.

Tratamento O tratamento é a retirada cirúrgica da lesão com margens bem ampla de tecido sadio e avaliação anatomopatológica do tipo histológico e das margens cirúrgicas. É importante se obter grau de profundidade cirúrgica que retire todo o tumor, pois, desta forma, o prognóstico é bom, principalmente para os casos recentes e adequadamente tratados.

Referência: Dermatologia Básica – Sampaio, Castro, Rivitti. Ed. Artes Médicas.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Câncer labial – Qual o aspecto?

Categoria(s): Atuação Preventiva, Câncer, Distúrbios da pele, Programas de saúde


Aspectos clínicos

Raramente o câncer labial é identificado no seu início, entretanto quando é identificado de 60 a 80% já esta na sua fase avançada, o que reduz a chance de cura. No Brasil, segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), o câncer bucal ocorre com maior freqüência nos lábios (figura) , provavelmente devido ao excesso de luz solar.

bucalNo exame bucal, que deve ser feito por todos os profissionais da área da saúde, é muito importante observar os sete sinais de alerta: edema, elevações ou crescimentos, manchas brancas, ulcerações, uma dor de garganta que não melhora, dormência, dor ou sangramento persistentes.
Grupo de risco:
• -Idade superior a 40 anos
• -Tabagista
• -Etilista
• -Desnutrição
• -Exposição crônica a Luz solar
• -Pacientes imunossuprimidos
• -Pacientes em uso de prótese mal adaptadas.

Referências:

Câncer bucal [on line]

Câncer bucal – prevenção [on line]

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Câncer labial – Como prevenir?

Categoria(s): Câncer, Cuidados higiênicos, Cuidados preventivos


Prevenção

Medidas preventivas do Câncer Labial:

1 – evitar fumo e álcool;
2 – evitar exposição continuada aos raios solares;
3 – evitar traumas crônicos na mucosa bucal, tais como: prótese mal adaptadas, coroas dentais fraturadas, raízes residuais, etc;
4 – manter higienização adequada, escovando os dentes no mínimo 4 vezes ao dia, principalmente após a ingestão de qualquer alimento, fazer uso do fio dental e se auto-examinar continuadamente conforme descrição acima citada;
5 – fazer alimentação balanceada e completa evitando fazer uso do açucar em excesso (prevenção da cárie) e principalmente fora das refeições;
6 – o mais importante, consultar um dentista de confiança regularmente, não somente quando tem algum problema odontológico.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 212