Arquivo de 30/ago/2009

Insuficiência cardíaca – Qual o significado no Brasil e no mundo?

Categoria(s): Atuação Preventiva, Distúrbios cardiocirculatórios, Programas de saúde


Editorial

A insuficiência cardíaca é uma doença de elevada prevalência e grande impacto na morbidade e mortalidade em todo o mundo, especialmente nos idosos. O prognóstico em longo prazo ainda é ruim, com sobrevida em 5 anos menor do que 50%.

iccDe acordo com o DATASUS, em 2004, no Brasil ocorreram 340.000 admissões por insuficiência cardíaca, responsáveis por 28% de todas as hospitalizações por doenças cardiovasculares e 3% das causas totais.

É possível que os progressos na terapia médica e cirúrgica da insuficiência cardíaca, bem como o envelhecimento populacional, tenham contribuído para aumentar a taxa de internação de casos mais avançados da doença, os quais podem ainda ser agravados pela coexistência de outras doenças crônicas. Há 3 décadas a etiologia mais freqüente era a Doença de Chagas, atualmente é a cardiopatia isquêmica (seqüela de infarto do miocárdio e miocardiopatia).
No Brasil, a letalidade hospitalar para insuficiência cardíaca em instituições da rede pública de saúde é 7,5%. Quais os fatores prognósticos preditivos da letalidade no momento da internação?

Insuficiência cardíaca grave – Em pacientes com insuficiência cardíaca grave admitidos em unidade intensiva, demonstrou que a história prévia de acidente vascular encefálico, disfunção renal e hiponatremia na admissão, idade >70 anos e fibrilação atrial em eletrocardiograma inicial são potenciais preditores. Também, a anemia, a hiponatremia (ion sódio baixo no sangue), a elevação dos níveis sanguíneo de uréia e creatinina achados na admissão hospitalar são reconhecidos como preditores de mau prognóstico em pacientes com insuficiência cardíaca grave, tanto a curto como a longo prazo.

Referência:

DATASUS 2004. Ministério da Saúde-SIH/SUS [on line]

Association Task Force on Practice Guidelines (Writing Committee to Update the 2001 Guidelines for the Evaluation and Management of Heart Failure). American College of Cardiology [on line]

Latado AL, Passos LCS, Braga JCV, Santos A, Guedes R, Moura SS, Almeida D – Preditores de Letalidade Hospitalar em Pacientes com Insuficiência Cardíaca Avançada Arquivos Brasileiros de Cardiologia – Volume 87, Nº 2, Agosto 2006 185-192. [on line]

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Otosclerose – O que é?

Categoria(s): Dicionário, Distúrbios auditivos


Dicionário

Com o avançar da idade a pessoa pode desenvolver a otosclerose que é a doença degenerativa dos ossículos (martelo, bigorna e estribo) da orelha média.

otoesclerose

O processo degenerativo desses ossos é semelhante aos que ocorre nos casos de artrose das demais articulações do corpo. Este tipo de lesão provoca distúrbios da audição no ouvido afetado. Este tipo de lesão provoca distúrbios da audição (surdez e zumbido) no ouvido afetado.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comments (3)     Envio por Email Envio por Email


Otosclerose – Quais são os sintomas?

Categoria(s): Distúrbios auditivos


Page 1 of 212