Artroplastia – O que é?

Categoria(s): Distúrbios osteoarticulares, Equipamentos, Tratamento cirúrgico

Tratamento cirúrgico

Artroplastia é o tratamento cirúrgico de substituição de uma articulação comprometida pelo osteoartrose que levou a dor persistente, apesar do tratamento medicamentoso e fisioterápico, perda crítica do movimento articular, perda do estado funcional e qualidade de vida da pessoa ou alterações biomecânicas compensatórias na articulação com osteoartrose e nas articulações adjacentes. Para o sucesso cirúrgico é fundamental o bom preparo pré-operatório, com prevenção do tromboembolismo e antibioticoterapia profilática. Atualmente os riscos de óbito nesta cirurgia são abaixo de 1%. Este tratamento cirúrgico visa melhorar a capacidade funcional da articulação afetada e a qualidade de vida do paciente, sendo uma importante etapa do tratamento da osteoartrose e deve continuar com um programa de reabilitação personalizado e integral. A artroplastia total da articulação que gera maiores benefícios para o paciente tanto ao curto como longo prazo.

Contra-indicação – As contra-indicações para a cirurgia é: suporte ósseo e muscular periarticular inadequados, fatores de risco clínico como insuficiência cardíaca, doença pulmonar grave, insuficiência renal, insuficiência hepática, diabetes mellitus em estagio avançado . A idade avançada não é obstáculo para a realização da cirurgia, apesar dos riscos aumentarem com a idade e doenças associadas.

Complicações – As maiores complicações são a perda da prótese, as infecções recentes ou tardias, a luxação ou o deslocamento da prótese, a fratura do osso adjacente e o desgaste de partes dos componentes da prótese.

Duração das próteses – A duração das proteses são de 10 a 15 anos. Nas próteses totais de quadril o risco de perda da prótese por desgaste após 10 anos de uso é de 10% e dos joelhos de 3%.

A QUEM CONSULTAR – O especialista indicado para o tratamento cirúrgico da osteoartrose é o médico ortopedista.

Tags:

Envio por Email Envio por Email




Deixe seu comentário:

Veja mais: