Arquivo de 14/abr/2010

ESQUISTOSSOMOSE MANSÔNICA – O que é?

Categoria(s): Programas de saúde, Verminoses


Dicionário

A Esquistossomose Mansonica é uma doença parasitária, causada pelo trematodeo Schistosoma mansoni, cuja sintomatologia clínica depende de seu estágio de evolução no homem. Ela ocorre em 54 paises, destacando-se África, leste do Mediterrâneo, América do Sul e Caribe. No Brasil, é considerada uma endemia, que atinge 18 estados e Distrito Federal. Os estados das regiões Nordeste, Sudeste e Centro-oeste são os mais afetados. Atualmente, a doença é detectada em todas as regiões do país. As áreas endêmicas e focais abrangem 18 unidades federadas e o Distrito federal, atingindo os estados: Alagoas, Bahia,
Pernambuco, Rio Grande do Norte (faixa litorânea), Paraíba, Sergipe, Espirito Santo e Minas Gerais (com predominância no norte e nordeste do estado). No Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás e no Distrito Federal, a transmissão é focal, não atingindo grandes áreas.

Referência:

http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


ESQUISTOSSOMOSE MANSÔNICA – Quais os sintomas?

Categoria(s): Verminoses


Sintomatologia

A fase aguda da doença pode ser assintomática ou apresentar-se como dermatite cercariana, caracterizada por micropapulas eritematosas e pruriginosas, até cinco dias após a infecção. Pode ocorrer febre, anorexia, dor abdominal e dor de cabeça. Esses sintomas podem ser acompanhados de diarréia, náuseas, vômitos ou tosse seca, ocorrendo hepatomegalia.

Os pacientes costumam apresentar sinais e sintomas gerais inespecíficos, como dores abdominais atípicas, alterações das funções intestinais e sensação de peso ou desconforto no hipocondrio esquerdo, devido ao crescimento do baço.

Referência:

http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


ESQUISTOSSOMOSE MANSÔNICA – Qual a transmissão?

Categoria(s): Verminoses


Transmissão

A transmissão é feita quando os ovos do S. mansoni são eliminados pelas fezes do hospedeiro infectado (homem). Na água, eclodem, liberando uma larva ciliada denominada miracídio, que infecta o caramujo. Após 4 a 6 semanas, a larva abandona o caramujo, na forma de cercária, ficando livre nas águas naturais. O contato humano com águas infectadas pelas cercárias é a maneira pela qual o individuo adquire a Esquistossomose.

Referência:

http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 212