Arquivo de 12/ago/2010

HISTOPLASMOSE – O que é?

Categoria(s): Distúrbios respiratórios, Infecções fúngicas, Infectologia


Dicionário

A Histoplasmose é uma infecção fúngica sistêmica, podendo apresentar-se desde uma infecção assintomática até a forma de doença disseminada, com êxito letal. A grande maioria das infecções primárias é assintomática. Alguns indivíduos apresentam formas semelhantes ao estado gripal, não requerendo assistência médica. O principal fator determinante no desenvolvimento dos sintomas é o tamanho do inóculo. Outros fatores, como virulência do agente, faixa etária e doenças de base, também contribuem para o aparecimento de sintomas.

A Histoplasmose pode ser dividida nas seguintes formas clínicas: Histoplasmose no hospedeiro normal, dividida em primo-infecção assintomática e infecção pulmonar aguda; Histoplasmose em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), correspondendo à Histoplasmose pulmonar crônica cavitária; Histoplasmose no hospedeiro imunocomprometido, correspondendo à Histoplasmose disseminada aguda, subaguda ou crônica; e doença mediada imunologicamente. A imagem ilustra uma lâmina de sangue com globulos brancos (polimorfonucleares neutrófilos) com inúmeros histoplasma em seu citoplasma.

Referência: http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


HISTOPLASMOSE – Quais os sintomas?

Categoria(s): Infecções fúngicas, Infectologia


Sintomatologia

A Histoplasmose pode se apresentar de diferentes formas clínicas. Em geral, os sintomas são; tosse, febre com duração maior que uma semana, astenia, anorexia, dor torácica, dor de cabeça, mialgias, anorexia, diarréia e vômito.

Referência: http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


HISTOPLASMOSE – Qual a transmissão?

Categoria(s): Infecções fúngicas, Infectologia


Contaminação

A transmissão é feita pela proliferação dos microrganismos no solo, que gera microconídeos e macroconídeos tuberculados; a infecção é adquirida pela inalação do fungo, suspenso em aerossóis. A Histoplasmose não é transmitida de pessoa a pessoa, como também não existe contágio direto dos animais para o homem.

Referência: http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 212