Arquivo de 8/set/2010

Medicina Anti-homotóxica

Categoria(s): Terapias complementares


Especialidades médicas

A medicina anti-homotóxica, também conhecida como Homotoxicologia, surgiou na Alemanha nos anos de 1930 e é considerada como uma ponte entre a Homeopatia e a Alopatia. Essa corrente foi criada por um médico homeopata alemão, Dr. Hans-Heinrich Reckeweg (1905-1985), que nasceu e clinicou em Berlim até meados do século passado. Dr. Reckeweg, também foi o fundador da farmácia Heel in Baden-Baden, Germany in 1936, farmácia especializada na preparação de medicamentos anti-homotóxicos.

A proposta do Dr. Reckeweg era procurar um campo comum entre a homeopatia e a medicina alopática que despontava então, como novos medicamentos com grande potencial de cura como os antibióticos. Partindo do pressuposto que as doenças são causadas por aquilo que ele chamou de “homotoxinas”, que seriam quaisquer substâncias, sejam próprias ou estranhas ao organismo humano, que gerassem disfunções nas células e sistemas. Segundo Reckeweg, o surgimento de uma homotoxina gerava três tipos de reação no organismo: eliminação numa fase inicial, seguida de reatividade – uma fase inflamatória; e finalmente a deposição – quando a toxina seria absorvida pelo tecido humano causando alterações mais sérias e persistentes – como o surgimento de uma célula cancerosa.

ABHH – Associação Brasileira de Homeopatia e Homotoxicologia

Tags: , ,


Veja Também: