Arquivo de 5/out/2010

Dor no ouvido – Qual a causa?

Categoria(s): Distúrbios auditivos, Distúrbios Inflamatórios, Infectologia


Em geral a dor de ouvido é causa por inflamação ou infecção do ouvido médio (Otite Média Aguda), muitas vezes precedida de infecção do nariz ou da garganta. Nas crianças, dores de ouvidos freqüentes podem indicar inflamação das adenóides (glândulas linfáticas de defesa situadas na região posterior da garganta, junto das amigdalas). Às vezes, a dor é causada também pela obstrução da trompa de Eustáquio e consequente retenção do muco.

Os doenças que provocam dores no ouvido é devem ser descartadas são: a infecção das amígdalas, abscessos dentários, inflamação da faringe, sinusite ou tumor do ouvido médio. Não raro, a operação das amígdalas é acompanhada de dor de ouvido.

LEMBRANDO – O ouvido médio está situado no lado interno do tímpano, comunica-se com a garganta através de uma passagem estreita (a trompa de Eustáquio). Comunica-se também com as câmeras de ar da mastóide, alojadas no osso temporal. É no ouvido médio que se localizam os 3 pequenos ossos (estribo, martelo e bigorna) que formam um elo entre o tímpano e o ouvido interno.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Otite Média Aguda – O que é?

Categoria(s): Dicionário, Distúrbios auditivos, Distúrbios Inflamatórios, Infectologia


Dicionário

A otite média aguda é um processo inflamatório-infeccioso da região mucoperiósteo da orelha média.Os sintomas mais comuns no adulto, dor no ouvido (otalgia), sensação de estar falando dentro da própria cabeça (autofonia), diminuição da audição (hipoacusia), podendo vir precedidas de infecções respiratórias, acompanhadas ou não de febre. Na criança, dependendo da idade, as queixas podem não ser tão específicas, aparecendo como febre, irritabilidade, choro intenso, anorexia, vômitos, dificuldade ao mamar por dor à sucção ou deglutição. Apesar do rápido início, e sintomatogia intensa, tem como norma à resolução sem maiores danos às regiões acometidas. No entanto, complicações locais e sistêmicas, apesar de raras, podem ocorrer e serem bastante séria.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Otite Média Aguda – Como diagnosticar?

Categoria(s): Distúrbios auditivos, Distúrbios Inflamatórios, Infectologia


Orientado pela suspeita clínica a otoscopia tem grande valor, porém depende de bom instrumental para o exame e de boa limpeza do meato auditivo para melhor visibilização da membrana timpânica. Nas fases mais avançadas pode ocorrer perfuração do tímpano com o progredir da infecção, sendo mais comum em crianças.

A miringotomia (pequena abertura na membrana timpânica) tem, como último recurso, seu valor diagnóstico, principalmente nos casos de difícil interpretação em crianças ou nos casos refratários ao tratamento, servindo para coleta de material para a cultura e antibiograma .

Exames laboratoriais auxiliares, como leucograma, podem indicar a presença ou magnitude da infecção. Avaliação radiológica, através de tomografia computadorizada, pode ser solicitada, principalmente nos casos com suspeita de complicações.

A QUEM PROCURAR – A dor no ouvido causada pela otite médica aguda deve ser vista e tratada pelos clínico gerais e pediatras, e em seguida encaminhada ao médico otorrinolaringologista para acompanhamento do caso, evitando a cronificação da doença e perda da audição.

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 212