Erisipela – Como tratar?

Categoria(s): Atuação Preventiva, Cuidados preventivos, Distúrbios da pele

Tratamento

O tratamento da erisipela deve ter ser início imediato, porque a infecção pode progredir levando a morte dos tecidos e disseminação por todo o corpo, chamada de septicemia. Considerando-se que a bactéria mais comuns nos casos de erisipela é o  Streptococcus pyogenes o antibiótico indicado é a penicilina, porém com todos os cuidados que a administração deste medicamento exige. Como teste de sensibilidade e injeção intramuscular profunda em região glútea. A duração do tratamento é de sete a 14 dias, dependendo da gravidade do caso e o estado geral do paciente. Caso haja uma contra-indicação ao uso da penicilina, outros antibióticos servem para o tratamento, como lincomicina e bacteriostáticos como, eritromicina e sulfas. O repouso, com elevação do membro afetado, é um ponto importante e muitas vezes esquecido. O uso de anticogulantes profiláticos para trombose venosa não é indicado pela sua baixa ocorrência neste tipo de doença.

Obs. O antibiótico mata a bactéria e o bacteriostático somente impede as bactérias de crescerem.

Tags: ,

Envio por Email Envio por Email




Deixe seu comentário:

Veja mais: