Calazar: Leishmaniose visceral – O que é?

Categoria(s): Infectologia, Infestações por protozoários

Dicionário

Leishmaniose é um grupo de doenças causadas por protozoários do gênero Leishmania: o calazar (causado pela L. donovani), é a forma grave da moléstia, se não for tratada, pode levar à morte. A sua incidência no Brasil é elevada.

Na leishmaniose tegumentar (causada pela L. brasiliensis), os protozoários localizam-se na pele e mucosa, causando profundas ulcerações, geralmente em regiões expostas do corpo, como face e membros. É freqüente na América do Sul, inclusive no Brasil, e conhecida como “úlcera de Bauru”. A moléstia não chega a causar a morte, mas provoca lesões deformantes, principalmente na face e na região do nariz. O botão do oriente é uma leishmaniose benigna, caracterizada por pequena ulceração da pele (foto). Não é comum no Brasil.

Nas duas últimas décadas, a leishmaniose visceral (LV) reapareceu no mundo de forma preocupante. No Brasil, epidemias urbanas foram observadas em várias cidades e a doença tem sido verificada como infecção oportunista em pacientes com aids. Além disso, a expansão da epidemia acometendo idosos com várias doenças tem ocasionado número elevado de óbitos.

A figura ilustra a lesão “úlcera de Bauru” e as formas trofozoitas das leishmanias.

A forma de transmissão, o diagnóstico e o tratamento é o descrito no tópico LEISHMANIOSE.

Tags: , ,

Envio por Email Envio por Email




Deixe seu comentário:

Veja mais: