Arquivo de Distúrbios imunológicos

Echinacea purpurea – O que é?

Categoria(s): Distúrbios imunológicos, Distúrbios Inflamatórios, Medicina das plantas


Fitoterápicos

Nove espécies perenes, robustas, rizomatosas, compõem o gênero Echinacea que é nativo dos E.U.A.

Echinacea purpurea é uma de várias espécies, que inclui Echinacea pallida e Echinacea angustifolia, usadas por nativos norte-americanos, principalmente para tratar feridas.

Echinacea purpurea é a mais Echinacea purpureaamplamente usada, sendo também cultivada muito mais facilmente. É considerada o desintoxicante mais efetivo entre os medicamentos ocidentais para os sistemas circulatório, linfático e respiratório, tendo sido adotada na medicina Ayurvédica.

A Echinacea dá uma exibição multicolorida do meado do verão para o início do outono, e são fáceis de cultivar. O nome genérico Echinacea vem do grego echinos, “ouriço” e se refere à seqüência espinhosa no cone central da flor. As folhas da Echinacea purpurea são ovais-lanceoladas e suas flores são como margaridas com centros cônicos de cor laranja-marrom, elas ocorrem no verão e início do outono.

Princípios ativos

Os principios mais importantes são os ésteres do ácido cafeico, o equinacosídeos e a cinarina. Possui, ainda, flavanóides como luteolina, quercetina, além de óleos essenciais voláteis, alcalóides pirrolizidínicos e alquilamidas.

Ações

A echinacea tem ampla atividade na função imunológica, com estimulação fagocitária, aumento das células imunológicas circulantes, estimulando a produção de interferon e outros mediadores do sistema imune.

Tem efeitos inibidor da hialuronidase bacteriana ou tecidual, impedindo a degradação do ácido hialurônico, mantendo as estruturas do tecido conjuntivo, sendo extremamente efetiva no tratamento das feridas e úlceras cutânea. Tem propriedades fungicidas e bacteriostáticas.

Tags: , , , , , ,


Veja Também: