Arquivo de Infecções bacterianas

PESTE – O que é?

Categoria(s): Dicionário, Infecções bacterianas, Infectologia, Programas de saúde


Dicionário

A Peste se manifesta sob três formas clínicas principais: bubônica, septicêmica e pneumônica. É causada por cocobacilo gram-negativo, com coloração mais acentuada nos pólos (bipolar).
A Peste, apesar de ser uma enzootia de roedores silvestres que, só esporadicamente, atinge roedores sinantrópicos e o homem, tem grande importância epidemiológica por seu potencial epidêmico, sendo, por isso, doença de notificação compulsória.
A sua persistência em focos naturais delimitados, no Brasil (nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro) e em outros países, torna difícil sua erradicação e impõe a manutenção regular do programa de vigilância e controle, mesmo com baixas ou esporádicas ocorrências de Peste bubônica e, até mesmo, na vigência de longos períodos sem manifestação aparente de atividade pestosa.

Bahia (303 casos acumulados entre 1983 e 2008), Ceará (126 casos acumulados entre 1983 e 2008) e Paraíba (54 casos acumulados entre 1983 e 2008) são os estados que mais registram casos. Rio Grande do Norte e Minas gerais registram casos esporádicamente.

 

Referência:

 

http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


LINFOGRANULOMA VENÉREO – Quais os sintomas?

Categoria(s): Infecções bacterianas, Infectologia, Sexualidade e DST


Sintomatologia

Como sintomas observa-se o aparecimento de lesões sólidas e elevadas, vesícula, pequenos tumores cutâneos que contem pus ou erosão fugaz e indolor, podendo ocorrer febre e mal-estar.

Referência:

http://www.cremerj.org.br/publicacoes/145.PDF

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


LINFOGRANULOMA VENÉREO – Qual a transmissão?

Categoria(s): Infecções bacterianas, Infectologia, Sexualidade e DST


Page 1 of 2712345...1020...Last »