Arquivo de Infectologia

Dengue – Como tratar?

Categoria(s): Infecções virais, Infectologia, Medicamentos, Programas de saúde


Tratamento

O  tratamento da dengue deve ser basicamente a hidratação, devido a grande perda de líquido pela febre, vômitos e anorexia, além de repouso e medicamentos anti-térmicos. Sendo proíbido o uso de medicamentos à base de ácido acetil salicílico, pois podem gerar sangramentos.

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Dengue – Como prevenir?

Categoria(s): Infecções virais, Infectologia, Programas de saúde


Prevenção

Para fazer a prevenção da dengue, é necessário não deixar água parada em vasos de plantas, latas vazias, pneus velhos ou qualquer recipiente que possa reter água, já que esse mosquito se cria em água parada. É necessário alertar os vizinhos, para que tomem as mesmas providências.

Tags:


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Helicobacter pylori – O que é?

Categoria(s): Câncer, Dicionário, Distúrbios digestivos, Distúrbios Inflamatórios, Infectologia


Dicionário

Helicobacter pylori, bactéria espiralada descrita por Warren e Marshall  em 1983, tem importante papel na secreção de ácido clorídrico pelas células do estomago. A secreção de ácido está na dependência de vários fatores ambientais, como tipo de alimentação, uso de determinados medicamentos, o hábito de fumar e o estado emocional. Existem evidências de que o H. pylori é importante na gênese da úlcera péptica, quer em razão da inflamação da mucosa resultante de sua presença, quer por alterar os mecanismos que regulam a produção de ácido. Cerca de 90% das pessoas portadoras de úlcera duodenal se encontram infectados pela bactéria. Sabe-se que a úlcera duodenal apresenta-se nos casos de hipersecreção e as úlceras gástricas com normo ou hipossecreção ácida.

Mais de 95% dos indivíduos infectados pela bactéria desenvolvem gastrite crônica ativa, que caminha, através de uma progressão lenta e gradual, para uma gastrite crônica com graus variáveis de atrofia e metaplasia intestinal, consideradas fatores de risco para o câncer gástrico. Em vista deste dado e do reconhecimento do papel do H. pylori na determinação do processo inflamatório gástrico, sugeriu-se a associação da infecção da bactéria com um aumento do risco de câncer gástrico. Em relação à úlcera péptica, uma vez erradicada a bactéria, pode-se afirmar que o paciente estará curado da úlcera.

A elevada prevalência da infecção pelo H. pylori em todo o mundo, e a bem estabelecida relação com a úlcera péptica e o câncer gástrico exigem que se considere esta infecção como um problema de saúde pública.

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 10 of 170« First...89101112...203040...Last »