Alho – Quais as suas propriedades?

Categoria(s): Cuidados alimentares


Alimentos funcionais

O alho possui nas moléculas de aliina (aminoácido sulfurado que se converte em alicina) um notável benefício, o combate a patologias associadas a bactérias. A alicina a partir da enzima alinase tem ação bactericida e bacteriostática. Quem utiliza do alho tem melhora do sistema imune, e atenuação dos sintomas da diabetes, colesterol (tem ação oxidante, protege o colesterol LDL e diminui a captação de lipídeos pelas células). Foi observada a redução da pressão arterial em animais quando administrado extrato seco de alho, pois este extrato possui efeito bloqueador beta – adrenérgico. A agregação plaquetária é otimizada pela ação do di e trisulfeto de dialila e trisulfeto de metila, inibidores da enzima tramboxano – sintetase, fundamental para a formação do tromboxano A2, principal agente da agregação plaquetária. O alho possui capacidade de inibir o crescimento de certos tipos de tumores, in vivo e in vitro. Sua atuação é na fazer inicial dos tumores protegendo o DNA.

Tags: , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Ginkgo biloba – Quando utilizar?

Categoria(s): Distúrbios cardiocirculatórios, Distúrbios do equilíbrio, Distúrbios hematológicos, Medicamentos, Terapias complementares


A ginkgo biloba tem inúmeras propriedades que ajudam no controle das vertigens, tais como: promover a manutenção da pressão normal de difusão tissular e controlar a permeabilidade e a fragilidade capilar favorecendo a perfeita oxigenação e nutrição dos tecidos.

A ginkgo biloba atua preventivamente contra as doenças cujo processo patológico básico é a isquemia tissular. A ginkgo biloba atua também controlando a agregabilidade plaquetária e eritrocitária, através de seus componentes com reconhecida ação de antagonismo do PAF (fator de adesão plaquetária), resultando numa diminuição dos processos trombóticos microcirculatórios. Assim, a ginkgo biloba esta indicada para o tratamento e prevenção das angiopatias diabéticas e tratamento dos processos vasculares de outras origens, assim como as suas complicações.

No sistema nervoso central a ginkgo biloba atua preservando o rendimento energético das células, principalmente dos neurônios e células neurossensoriais, intermediada pelo aumento na captação e consumo de glicose e na síntese de ATP. Por isso tudo, é um excelente medicamentos no tratamento e controle dos vários tipos de vertigens.

PRECAUÇAO – A ginkgo biloba não deve ser utilizada em pessoas que estejam tomando medicamentos que atuam no coagulação sanguínea como os antiagregantes plaquetários (Ácido acetil salicilico) e anticoagulantes (Warfarina).

Tags: , ,


Veja Também:

Comments (1)     Envio por Email Envio por Email