Suplemento Alimentar – BENEFÍCIOS DO ZINCO

Categoria(s): Alimentos funcionais, Atuação Preventiva, Cuidados alimentares


Suplemento Alimentar –BENEFÍCIOS DO ZINCO

O zinco tem inumeráveis propriedades que o convertem em um componente essencial para o organismo.

Sistema Imunológico – O zinco tem grande importância na síntese de células imunológicas como em sua ação de defesa contra vírus, bactérias e fungos. Auxiliando na proteção contra resfriados, gripes, conjuntivite e outras infecções (Sena e Pedrosa, 2005).

Metabolismo – participa de reações de síntese ou degradação de carboidratos, lipídeos, proteínas, hormônios e ácidos nucléicos, estimula a atividade de mais de 100 enzimas, como a superóxido dismutase. Está envolvido nos processos de transporte e expressão da informação genética.

Antioxidante – por ter uma ação antioxidante, diminui a quantidade de radicais livres no organismo. Esta ação antioxidante pode estar diretamente relacionada à prevenção do envelhecimento precoce da pele, a cicatrização de feridas e irritações cutâneas.

Fertilidade – atua sobre os hormônios sexuais, estimulando a fertilidade de ambos os sexos, age na diminuição da próstata aumentada.

 

Tags: , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Suplemento Alimentar – O PAPEL DO ZINCO

Categoria(s): Alimentos funcionais, Cuidados alimentares, Cuidados preventivos


Suplemento Alimentar – O PAPEL DO ZINCO

Frutas e verdurasO zinco é um micronutriente essencial para o funcionamento do organismo. É encontrado em alimentos como a carne vermelha e frutos do mar, leite e derivados, farinha de trigo integral, germe de trigo, ovos, fígado de boi, peru, amendoim, nozes, semente de abóbora e água potável.

O zinco participa de reações na síntese ou degradação de carboidratos, lipídeos, proteínas e ácidos nucléicos. Também está envolvido nos processos de transporte, função imune, expressão da informação genética,  manutenção do crescimento e do desenvolvimento, defesa antioxidante (Sena e Pedrosa, 2005).

A deficiência do zinco atraso no crescimento celular, perda de cabelo, diarréia, atraso da maturidade sexual, diminuição do apetite, cansaço, depressão, unhas quebradiças, lesões de pele e deficiência do sistema autoimune (Shils, et.al. 1994).

O excesso de zinco esta associado com baixos níveis de cobre, alterações na função do ferro, diminuição da função imunológica e dos níveis de colesterol bom. O zinco não é considerado tóxico, embora sua ingestão possa provocar náuseas e diarréia. A inalação de óxido de zinco pode provocar lesões nos pulmões e, em todo o sistema respiratório.

Referências:

SENA, K. C. M., PEDROSA, L. F. C.(2005) Efeitos da suplementação com zinco sobre o crescimento, sistema imunológico e diabetes. Rev. Nutr., Campinas, v. 18, n. 2, p. 251-259,

SHILS, M.E., OLSON, J. and SHIKE, M. (1994) Modern Nutrition in health and disease. 18. Edition.

 

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Suplemento Alimentar – BENEFÍCIOS DO SELÊNIO

Categoria(s): Alimentos funcionais, Atuação Preventiva, Cuidados alimentares


Suplemento Alimentar – BENEFÍCIOS DO SELÊNIO

O selênio tem inumeráveis propriedades que o convertem em um componente essencial para o organismo.

Antioxidante –  é um componente de importantes enzimas de ação antioxidante auxiliando na defesa contra os radicais livres. Assim atua retardando o processo de envelhecimento e prevenindo doenças cardiovasculares.

Sistema Imunológico – fortalece o sistema imunológico, evitando infecções e viroses. A administração adicional pode ajudar o organismo na recuperação de doenças causadas pelo HIV.

Câncer – A deficiência de selênio aumenta o risco do desenvolvimento de câncer de pulmão, próstata e ovários. Também, a incidência de câncer da pele que não precede de melanona é significativamente mais elevada nas áreas dos Estados Unidos com níveis baixos de selênio no solo.

Detoxificação – Auxilia na eliminação de metais pesados como mercúrio e cádmio que estão relacionados a doenças neurodegenerativas como Alzheimer e radiações nocivas, tais como luz ultravioleta ou radiação do tratamento do câncer.

Tireóide – a deficiência de selênio pode reduzir a conversão dos hormônios da tireóide, de T4 em T3, que é a forma mais ativa do hormônio. Estudos mostram que em doenças inflamatórias da glândula tireóide (tireoidite de Hashimoto), doença de Graves, o selênio melhora a saúde geral e algumas das queixas.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 912345...Last »