Óleo de primula (Primula veris) – Qual o emprego terapêutico?

Categoria(s): Distúrbios Inflamatórios, Distúrbios respiratórios, Medicina das plantas


Fitoterápicos

Primula veris

A indústria farmacêutica fabrica extratos, infusões e gotas de óleo de prímula (Primula veris). Para fins terapêuticos, colhe-se a flor, que é secada suavemente, em camadas finas, de preferência num secador, a menos de 40.C. Nas culturas hortícolas ou nos campos, colhe-se por vezes também o rizoma e as raízes. Até que as Primulas ficassem bastante raras neste século, por perda de hábitat e hábitos de cultivo, as flores eram colhidas a cada primavera para fazer um vinho que era, em grande parte, usado como um sedativo e calmante dos nervos.

As flores contêm pigmentos flavônicos (quercitina), também saponinas e salicilatos (como na aspirina). As raízes são relativamente ricas em primula saponina, com um composto açucarado (aglícono) chamado primulagenina A e B, ácido glicurônico e outras substâncias. Ambas as drogas são fortemente expectorantes, sedativas, relaxa espasmos e ligeiramente diuréticas. São usadas como adjuvantes em caso de inflamação das vias respiratórias superiores (bronquite crônica ou aguda), tosse sêca, tosse aguda, artrite, insônia, enxaqueca e inquietude (especialmente em crianças).

CONTRA INDICAÇAO – Este medicamento não deve ser dado durante gravidez ou para pacientes sensíveis a aspirina ou tomando remédios anti-coagulantes.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Piorréia – O que é?

Categoria(s): Atuação Preventiva, Cuidados higiênicos, Infectologia


A periodontite é a doença periodontal conhecida como piorréia é a segunda doença mais comum na boca, pode manifestar-se com inflamação ou não, com perda de tecido ósseo de sustentação e o elemento dental se esfolia. A periodontite é definida como inflamação que envolve a gengiva e a mucosa alveolar, ligamento periodontal, osso alveolar e o cemento. A progressão da gengivite para a periodontite depende da natureza da bactéria, geralmente gram negativa e da eficiência da defesa.

periodontite

Estudos já estão relacionando a periodontite com doenças sistêmicas, incluindo doenças cardiovasculares, cerebrovasculares, diabetes mellitus, artrite e pneumonia aspirativa.

Estudo realizado por pesquisadores do Departamento de Cuidados Pulmonares e do Departamento de Periodontia das Faculdades de Medicina e de Odontologia da Universidade de Buffalo, em Nova York, revelou que uma higiene bucal ineficiente favorece a colonização de bactérias bucais que causam infecções respiratórias e doenças pulmonares.

O trabalho, publicado pela Chest (Cardiopulmonary and Critical Care Journal), envolveu 49 pessoas (27 mulheres e 22 homens) moradoras de asilos, que foram internadas em um hospital com alto risco por pneumonia. Estas pessoas tiveram a identificação das bactérias encontradas em suas bocas (via genotipia molecular), antes do desenvolvimento da Pneumonia, sendo que 28 apresentaram germes que sabidamente ocasionavam doença respiratória em suas mostras de placas dentárias. Após algum tempo 14 pessoas desenvolveram Pneumonia, sendo que 10 haviam desenvolvido a doença respiratória devido aos germes encontrados em suas placas bacterianas. Os testes dos germes dos pulmões mostraram que o DNA se ajustava com o DNA das placas dentárias em mais de 50% das pessoas que desenvolveram a Pneumonia.

A prevalência de inflamação gengival no Brasil e em todos os demais países, particularmente em adultos jovens, sugere que a maior parte da população pratica a higiene oral inadequada, especialmente em certas áreas da dentição.

A QUEM CONSULTAR – Odontologista é o profissional indicado para o tratamento da periodontite

Tags: , , ,


Veja Também:

Comments (2)     Envio por Email Envio por Email


Osteoartrose – É mesma doença que a artrite reumatóide?

Categoria(s): Distúrbios imunológicos, Distúrbios Inflamatórios, Distúrbios osteoarticulares


Diagnóstico

Não, a artrite reumatóide é uma doença crônica (etiologia autoimune) que promove dor, inchaço, limitação dos movimentos (rigidez) e das funções das articulações (juntas) especialmente das mãos. A rigidez articular é pior pela manhã e pode durar de uma a duas horas. Além, dos sintomas articulares, a pessoa pode sentir fadiga, queda da pressão, diminuição do apetite, olhos e boca seca.

A inflamação da artrite reumatóide ocorre na chamada membrana sinovial, que é o tecido que reveste a articulação. Neste local, são liberadas pelas células imunológicas (linfócitos, macrófagos) substâncias químicas inflamatórias que causam inchaço, dor e deformidade articular. Na osteoartrose o processo é degenerativo não encontramos células imunológicas na lesão.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 1 of 212