Saúde através das plantas – MAGNÓLIA (Magnolia officinallis)

Categoria(s): Distúrbios Inflamatórios, Medicina das plantas


Saúde através das plantas – MAGNÓLIA (Magnolia officinallis)

Magnolia officinallis

A Magnolia officinalis é tradicional na China, conhecida como houpu ou hou po, usada desde 100 a.C. para tratar de vários distúrbios. Possui propriedades medicinais antisséptica, antibacteriana, antiparasitária, antioxidante, adstringente, diurética, digestiva, sedativa, relaxante muscular, anti-stress, descongestionante e expectorante.

As magnólias são arvores ou arbustos, apreciados como ornamentais em jardins, por possuirem abundantes flores grandes e perfumadas nas cores branca ou rosada. Os produtos medicinais das magnólias são obtidos utilizando-se as cascas das arvores com mais de 15 anos, colhidas no final de junho.

A magnólia é indicada para diarréia, vômito, distúrbios gástricos, tosse, asma (por inibir a produção de histamina), doenças pulmonares, sintomas da gripe, alergias a cosméticos e pode auxiliar no tratamento de manchas escuras da pele.

O honokiol, um ingrediente ativos encontrado na magnólia exibe efeito antidepressivo em altas doses e, em doses menores pode ser eficaz no tratamento da ansiedade, estresse e dores de cabeça (Hou, 2000).

Não existem efeitos adversos associados ao uso da magnólia, porém em altas doses pode causar sonolência.

Referência:

Hou, Y.C., Chao, P.D., Chen, S.Y. (2000) Honokiol and magnolol increased hippocampal acetylcholine release in freely-moving rats. Am J Chin Med. 28(3-4):379-84.

Tags: , , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Asma – O que é?

Categoria(s): Dicionário, Distúrbios Inflamatórios, Distúrbios respiratórios


A asma é uma doença inflamatória das vias aéreas inferiores caracterizada por resposta exacerbada aos agentes agressores alergênicos (como pó, odores, medicamentos, alimentos, etc) e limitação do fluxo de ar nos pulmões, reversível espontaneamente ou com o tratamento. É uma doença pulmonar que envolve diversos fatores genéticos, alergênicos, socioeconômicos, psicológicos e exposição ambiental, e se manifeta por episódios de falta de ar (dispnéia), aperto no peito, tosse e broncoespasmo (chiado no peito), particulamente à noite e pela manhã, ao despertar.

Graças ao excesso de poluição ambiental, surgimento inúmeros produtos químicos (conservantes, corantes, dispersantes,etc) adicionados aos alimentos industrializados, agrotóxicos e fármacos diversos, a incidência e prevalência da asma estão aumentando em todo o mundo, causando milhares de internações e óbitos. No Brasil, segundo dados colhidos junto aos Sistema Único de Saúde (SUS) a asma é a quarta maior causa de internações nos hospitais públicos.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Asma – Como prevenir?

Categoria(s): Cuidados preventivos, Distúrbios Iatrogênicos, Distúrbios respiratórios


A crise de asma é uma situação aflitiva, cercada de muito temor pela vida e estresse psicológico. Apesar de todo arsenal terapêutico atual disponível para o controle da asma, não se entende perfeitamente como prevenir e tratar a remodelação das vias aéreas, que é a chave do controle da doença. A ida frequente ao pronto socorro pode resultar em conflitos no tratamento resultando em muitos casos no agravamento da crise e complicações de diversas (iatrogenias). Assim, para o controle do portador de asma, sobretudo na forma grave, diminuindo sua ida aos serviços de emergência, é primordial o tratamento precoce da crise. Para isso, o paciente deve aprender a reconhecer anticipadamente os sinais que indicam piora da asma; ter um meio prático, fácil e de imediata comunicação com o médico que o assiste, ter um guia por escrito que o oriente como iniciar de imediato, uma forma mais apropriada de medicações, intensificando assim mais adequadamente sua terapia, abortando a crise que se apresenta.

Iatrogenia – doença causada pelo próprio tratamento.

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email