Câncer de ovário – O que é?

Categoria(s): Câncer, Distúrbios urogenitais


Conceitos

 

O Câncer de ovário representa 3% dos cânceres das mulheres, mas é o mais letal. É mais frequente a partir dos 50 anos. Normalmente não dá sintomas ou estes são muito vagos, por isso o diagnóstico costuma acontecer quando ele já se espalhou pelo corpo, em especial para o fígado como mostra a ilustração. O marcador tumoral é o CA 125, que também pode estar presente nos casos de endometriose.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Câncer de ovário – Como se faz o diagnóstico?

Categoria(s): Câncer, Distúrbios urogenitais


Diagnóstico

Normalmente o câncer de ovário não dá sintomas, assim o diagnóstico deve ser feito nos exames preventivos, por se esperarmos algum sintoma geralmente o tumor já se expalhou pelo corpo. O exame capaz de mostrar a presença de alterações nos ovários é o ultrassom transvaginal. Já o marcador CA 125, uma proteína dosada em exame de sangue, serve para acompanhamento do desenvolvimento do tratamento instituido para o tumor, mas não para o diagnóstico, por está muito aumentado nos casos de endometriose.

As mulheres com casos desse tumor na familia têm mais chances de desenvolver a dornça, pois 10% dos tumores de ovário tem componente genético.

Os principais sintomas do câncer de ovário são: inchaço abdominal, diarréias inexplicadas, aumento do volume de urina, ganho ou perda de peso, dor abdominal e sangramentos vaginais.

Tags: ,


Veja Também:

Comments (1)     Envio por Email Envio por Email


Marcadores tumorais – O que são?

Categoria(s): Câncer, Exames laboratoriais


Conceitos

O Câncer é um crescimento desregulado de uma célula que perdeu seus mecanismos de controles normais, que crescem e se multiplicam formando uma massa que invade tecidos adjacentes e pode se disseminar produzindo metástases. O Câncer ocorre por alteração do material genético da célula (DNA) ocasionada por um agente carcinógeno que pode ser substâncias químicas (arsênico, asbesto, aminas aromáticas, benzeno, cromatos, niquel, cloreto de vinil, álcool, nozes de betel, tabaco, agentes alquilantes, dietilestilbestrol, oximetolona, torotrast), vírus, radiação ou luz solar.

As células cancerosas, que se formam, são atacadas e destruídas pelas células do sistema imunológico, que reconhecem os antígenos (antígenos tumorais) que estão sobre a superfície das células cancerosas. Esses antígenos podem ser liberados na corrente sangüínea e podem ser detectados através de exame de sangue, são chamados de marcadores tumorais. Os marcadores são muito importantes pois podemos suspeitar de algum câncer e tomar medidas diagnósticas mais acuradas, detectando câncer em sua fase precoce, geralmente, curável.

Marcadores tumorais

Existem muito marcadores tumorias em estudo destacamos os seguintes:

1) CEA – Antígeno carcinoembrionário – encontrado em indivíduos com câncer de cólon, mama, pâncreas, bexiga, ovário ou colo uterino
2) AFP- Alfa-fetoproteina- produzido por células hepáticas fetais, encontrado em câncer de fígado (hepatoma), câncer de ovário ou testículo, tumores da glândula pineal em
crianças e adultos jovens.
3) B-HCG- produzido na gestação, aparece em mulheres com câncer originário de placenta, e em homens com câncer de testículo
4) PSA- tumor de próstata
5) CA 125- câncer de ovário
6) CA 15-3 – câncer de mama
7) CA 19-5- câncer de pâncreas
8) B2-microglobulina- mieloma múltiplo
9) lactato desidrogenase- câncer de testículo

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email