Colostomia – Prolapso, como cuidar?

Categoria(s): Cuidados preventivos, Distúrbios digestivos


Esclarecimentos

A colostomia, ou os estomas de uma maneira geral devem ser extremamente bem cuidados para impedir o surgimento de complicações que possam levar a “perda” do seu funcionamento e risco de vida.

O que é prolapso do estoma?

  • Prolapso é a saída parcial ou total da alça intestinal pelo estoma. O tratamento de reposicionamento da alça intestinal poderá ser feito pelo profissional habilitado em colostomia (estomaterapeuta), porém a consulta ao médico que acompanha o caso deve ser o mais breve possível

Tags: ,


Veja Também:

Comments (1)     Envio por Email Envio por Email


Colostomia – O que é a irrigação?

Categoria(s): Cuidados higiênicos, Cuidados preventivos, Distúrbios digestivos


Esclarecimentos

O que é irrigação da colostomia?

  • A irrigação da colostomia é um método de regulação da atividade intestinal do colostomizado, conseguida pela lavagem intestinal (enema), realizada através do estoma, na qual se utiliza um volume líquido planejado, mais comumente água, à temperatura corporal, para limpar o intestino grosso, e que possibilita controlar a eliminação de fezes pela colostomia por um período regular.

Kit de irrigação da colostomia

Quem pode se beneficiar da irrigação da colostomia?

  • Sistema de irrigação para colostomia: utilizado somente em indivíduos com estoma terminal do lado esquerdo, o sistema de irrigação realiza uma limpeza do intestino grosso, assim, o indivíduo pode ficar até 72 horas sem utilizar bolsa coletora.

Como é formado o sistema de irrigação da colostomia?

  • O sistema é formado por uma bolsa para colocar o líquido usado na irrigação, um cone de silicone para ser adaptado ao estoma e uma manga coletora para permitir a drenagem do líquido.

Quem pode utilizar a irrigação da colostomia?

  • A irrigação pode ser feita por indivíduos com colostomia terminal, em cólon descendente ou sigmóide. Ou seja, as demais formas de estomias (colostomia em cólon ascendente e transverso) não podem utilizar este procedimento.
  • Só deve ser utilizada sob orientação médica e treinamento realizado pela enfermeira estomaterapeuta.

Qual o mecanismo fisiológico de funcionamento da irrigação?

  • Fisiologicamente, a introdução de um volume de água no cólon causa dilatação do intestino grosso, o que estimula a contração (peristaltismo em massa) e, com isso, promove o esvaziamento do conteúdo fecal. A finalidade básica desse procedimento é treinar o intestino a evacuar o conteúdo fecal uma vez ao dia, ou a cada dois dias, em horário planejado, dando às pessoas colostomizadas um período isento de preocupação, com o funcionamento aleatório e em horário indesejável do intestino.

A irrigação da colostomia ajuda a diminuir os gazes intestinais?

  • Sim, ao remover os resíduos, ocorre diminuição quantitativa de microbiota bacteriana intestinal e, consequentemente, da produção de gases.

Quais as condições para realizar a irrigação da colostomia?

  • A pessoa colostomizada deve preencher alguns critérios: ter colostomia terminal, em cólon descendente ou sigmóide; ter destreza e habilidade física e mental para realiza-lo; não ter complicações no estoma como, prolapso de alça, estenose do estoma, retração ou hérnia paraestomal grande; não ser portadora de síndrome de cólon irritável, e ter boas instalações sanitárias na residência.

Qual o equipamento necessário para a realização da irrigação?

  • Para a realização da irrigação da colostomia, fz-se necessário ter em mãos um kit com os materiais necessários, como: recipiente do irrigador transparente, com escala de medida, termômetro para verificar a temperatura da água e capacidade de 2000 ml; cone de plástico maleável; tubo ou extensnao de plástico, transparente, para acoplar o irrigador ao cone; uma pinca pra controle do fluxo de água; bolsa de drenagem (manga), transparente, aberta nas duas extremidades tendo, na mais larga, adesivo ou suporte para cinto elástico; presilha para fechamento da manga e cinto elástico.
  • Outros acessórios – suporte para pendurar o recipiente de água; luvas para o procedimento; jarra de plástico com água morna; lubrificante; material de higiene habitual e o equipamento coletor ou o sistema oclusor, para uso após o procedimento.

Quanto tempo depois da realização da colostomia pode-se fazer a irrigação?

  • O início do treinamento para a irrigação da colostomia é muito variável de cinco dias a seis meses de pós-operatório, porém a maioria dos pesquisadores indicam um período inferior a trinta dias. A discussão do início do procedimento leva em consideração, de um lado, na possibilidade de ocorrência de dor e desconforto à pessoa recém-operada e, de outro, no fato de que a irrigação da colostomia evitaria o uso do equipamento coletor, amenizando o estigma da alteração da imagem corporal do paciente.

Qual o volume de líquido que deve ser utilizado na irrigação?

  • O volume ideal é de 500 ml de água morna, podendo também ser utilizado solução eletrolítica de polietilenoglico (PEG) ou solução de trinitrato de gliceril. Com esse volume de líquido de irrigação o tempo de irrigação e a retenção de água são menores e as fezes mais consistentes dos cólons são removidas completamente. O PEG é melhor do que a água no esvasiamento dos cólons, sendo indicado como alternativa futura a ser usada na irrigação da colostomia.

Qual o melhor horário para a realização da irrigação?

  • A própria pessoa deve escolher aquele que é o melhor horário que se adapta ao seu estilo de vida, sendo importante a constância no horário e no uso do método.

Quanto tempo demora a realização da irrigação?

  • O tempo dispendido na realização da irrigação da colostomia varia de 20 a 90 minutos. De acordo com a prática adquirida pela pessoa. Segundo os diversos estudos sobre o assunto esse tempo gasto é compensado pelo conforto da ausência de exoneração pela colostomia.

A pessoa deve permanecer no banheiro no período da irrigação da colostomia?

  • Não, a pessoa pode preencher o tempo com atividades diversas de acordo com seu estilo.

A irrigação da colostomia pode trazer algum malefício para o paciente?

  • Não, a irrigação da colostomia é um método seguro e eficaz, trazendo um esvaziamento total dos cólons transverso e descendente e de 35% do cólon ascendente e ceco. Para a eficácia e segurança do procedimento deve-se respeitar as normas técnicas e o uso de equipamento adequado.
  • Nos últimos anos, os resultados alcançados pelas pessoas colostomizadas com o uso da irrigação da colostomia têm sido responsáveis pela ampliação de sua utilização, principalmente quanto ao impacto positivo sobre a qualidade de vida.

Visite no site da Associação Brasileira de Estomaterapia (SOBEST) informações a este respeito.

Tags: ,


Veja Também:

Comments (1)     Envio por Email Envio por Email


Colostomia – Como fazer a higiene?

Categoria(s): Cuidados higiênicos, Cuidados preventivos


Esclarecimentos

Uma pele sadia ao redor do estoma constitui um pré-requisito para que o paciente possa viver bem. Por isso é importantíssimo executar uma boa higiene no local e verificar a situação do local.

Como tomar banho?

  • Pode tomar banho usando a bolsa coletora, uma vez que esta é impermeável e basta limpá-la com uma toalha. Se preferir, pode tomar banho sem a bolsa, uma vez que a água não causa irritação para o estoma, no entanto, se tomar banho de emersão, tem que ter em atenção eventuais perdas involuntárias de fezes.

Qual sabonete usar no banho?

  • O banho e a higiene da colostomia deve ser feita com sabonete líquido e neutro com bastante água morna; este procedimento pode ser feito no chuveiro. Enxaguar abundantemente a pele e secar com tecido macio, exemplo algodão ou toalha.

Pode utilizar esponja sobre a colostomia?

  • Não, nunca utilize esponjas, pois pode causar traumas e sangramentos importantes. O estoma é insensível ao toque, assim não sabemos se estamos causando alguma lesão.

Como cuidar dos pelos no local?

  • Os pelos devem ser cortados com tesoura, nunca com aparelho de barbear, pois este pode lesar a pele ou o estoma. Os aparelhos depilatórios com lâmina podem provocar aparecimento de inflamação na raiz do pelo.

O que fazer se o saco aderir mal?

  • Este fato pode ser devido ao estado da pele em redor do estoma. Não deverá mudar o saco, mais vezes do que as necessárias, pois pode causar irritação da pele e dificultar a adesão ao saco. Se a pele estiver muito vermelha ou ferida, deverá aplicar clara de ovo não batida, no local e secar com um secador antes de aplicar novamente o saco.

Como cuidar com o excesso de pele junto do estoma?

  • A presença de excesso de pele, dobra abdominal, pregas cutâneas ou contorno irregular da pele junto do estoma, pode causar perda da aderência da bolsa coletora. Esse problema pode ser corrigido com a utilização de pasta protetora para nivelar a superfície. Deixe a pasta secar por aproximadamente dois minutos e coloque a bolsa coletora.

Tags: ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 4 of 11« First...23456...10...Last »