Alecrim – Qual a indicação terapêutica?

Categoria(s): Distúrbios endócrinos, Distúrbios hematológicos, Distúrbios urogenitais


Fitoterápicos

Rosmarinus oficinalis

O Alecrim é cortado a cada três anos para a obtenção da essência (óleo etérico) que é destilada. Sua qualidade difere segundo as estações e segundo o ano. O clima e o solo determinam a qualidade de sua essência. Sua flor produz um mel excelente. Durante a antiguidade, o Alecrim era muito mais utilizado no serviço religioso do que na terapia, como ornamento ritual das divindades e dos seres humanos. A Idade Média descobriu suas virtudes curativas. Ao mesmo tempo, numerosos usos populares o colocaram em destaque: batismos, casamentos, enterros. Atravessou os Alpes e se tornou uma planta de ornamento nos parques e jardins. A alecrin tem sido usado, tanto para decorar as casas, como para temperar os alimentos.

Medicina Galênica – A análise química revela que o Alecrim possui muitos óleos etéricos, substâncias amargas, taninos, etc. O Alecrim ativa os processos sanguíneos. A anemia, as menstruações insuficientes e as perturbações da irrigação sanguínea são favoravelmente influenciadas. Um sistema nervoso fortemente desgastado pelo trabalho intelectual se torna melhor graças ao impulso dos processos construtivos do Alecrim. Mas o Alecrim é sobretudo um remédio para combater o Diabetes mellitus.

Referência:

Herbario [on line]

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Mangaba – Quais as sua indicações medicinais?

Categoria(s): Medicina das plantas


Fitoterápicos

A mangaba (Harconia speciosa) é um fruto brasileiro, de vasto uso na medicina popular, cuja eficácia foi comprovada através de estudos, sendo utilizada no controle da diabetes, hipertensão e colesterol.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Alho – Quais as suas propriedades?

Categoria(s): Cuidados alimentares


Alimentos funcionais

O alho possui nas moléculas de aliina (aminoácido sulfurado que se converte em alicina) um notável benefício, o combate a patologias associadas a bactérias. A alicina a partir da enzima alinase tem ação bactericida e bacteriostática. Quem utiliza do alho tem melhora do sistema imune, e atenuação dos sintomas da diabetes, colesterol (tem ação oxidante, protege o colesterol LDL e diminui a captação de lipídeos pelas células). Foi observada a redução da pressão arterial em animais quando administrado extrato seco de alho, pois este extrato possui efeito bloqueador beta – adrenérgico. A agregação plaquetária é otimizada pela ação do di e trisulfeto de dialila e trisulfeto de metila, inibidores da enzima tramboxano – sintetase, fundamental para a formação do tromboxano A2, principal agente da agregação plaquetária. O alho possui capacidade de inibir o crescimento de certos tipos de tumores, in vivo e in vitro. Sua atuação é na fazer inicial dos tumores protegendo o DNA.

Tags: , , , , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Page 5 of 17« First...34567...10...Last »