Pré-eclâmpsia – O que é?

Categoria(s): Distúrbios cardiocirculatórios, Emergências


Dicionário

As gestantes após a vigésima semana gestacional que apresente aumento da pressão arterial, inchaço nas pernas (edema) e perda de proteína na urina, está tendo um quadro demoninado de pré-eclâmpsia. Nos casos que apresente também, convulsões o quadro recebe a denominação médica de eclâmpsia. Os dois quadros são graves e necessitam de cuidados imediatos em regime de internação, porém este último, a eclâmpsia, é mais grave com risco de morte para a gestante e o bebe.

Considera-se hipertensão arterial na gestante quando a pressão diastólica (pressão mínima) sobe 15 mmHg ou mais da pressão diastólica do início da gestação, ou sistólica (pressão máxima) sobre acima de 30 mmHg.

Como a pressão arterial pode passar sem sintomas, o mesmo acontecendo com a perda de proteína na urina, é muito importante que estes dois dados sejam sempre investigados nas consultas de pré-natal.

Tags: , , ,


Veja Também: