Varizes – Por que as pernas incham?

Categoria(s): Distúrbios cardiocirculatórios, Distúrbios vasculares


Resenha

Por que as pernas incham

Drenagem venosa das pernas – A drenagem venosa dos líquidos das pernas (tecidos cutâneo, subcutâneo e tecido muscular) é feita pelos; sistema venoso superficial (15%) e os sistemas venosos profundo e perfurante comunicante que respondem pela drenagem dos 85% do sangue das extremidades. Os  líquido que fica entre os tecidos das pernas são retirados pelos vasos linfáticos. Dai, conclui-se que temos três tipos de inchados nas pernas; um resultante das insuficiência, edema venoso; um resultante da insuficiência do sistema linfático, edema linfático (também conhecido como linfedema) e, finalmente um edema misto resultante da insuficiencia dos dois sistema, o venoso e o linfático.

varizes

O organismo humano utiliza-se de alguns mecanismos para auxiliar o retorno venoso das pernas quando a pessoa fica em pé e a força da gravidade gera uma dificuldade para o retorno venoso: o “coração venoso periférico”, as válvulas venosas, a aspiração torácica, a pressão no leito arteríolo-capilar, a viscosidade sangüínea* e finalmente a pulsatilidade das artérias.

O “coração venoso periférico” consiste na ação da massa muscular da panturrilha sob todas as veias dos membros inferiores com o auxílio das válvulas venosas. Todos os segmentos venosos possuem essas válvulas que, quando íntegras, permitem a passagem do sangue da superfície para a profundidade e desta para o coração. Na marcha, esses músculos se contraem, comprimem as veias profundas e as válvulas íntegras orientam a coluna sangüínea centripetamente. Quando as válvulas venosas se tornam insuficientes como ilustrado na figura ocorre as varizes e o inchaço das pernas.

* Viscosidade sangüínea – A viscosidade sangüínea é uma característica do sangue constituída pelas proteínas, em especial a albumina, lipídeos, glicídeos e eletrólitos, que promovem uma pressão colóido-osmótica que mantém o sangue dentro dos vasos, impedindo-o de sair para o interior dos tecidos.

Tags: , , , ,


Veja Também: