Acônito (Aconitum napellus) – Qual a indicação terapêutica?

Categoria(s): Distúrbios Inflamatórios, Distúrbios respiratórios, Medicina das plantas


Fitoterápicos

Aconitum napellus L.

Do acônito são colhidos os tubérculos, mas unicamente os tubérculos laterais formados na Primavera. Depois de muito bem limpos e desembaraçados das raízes e das partes verdes, os tubérculos são cortados no sentido do comprimento e secos rapidamente a uma temperatura de 40ºC a 50ºC. O manuseamento das plantas e das partes colhidas requer a maior prudência, pois toda a planta é muito venenosa. Os tubérculos contêm até 1,5% de terpenóides azotados – aconitina, napelina benziaconitina, açúcares, amido e outras substâncias. Em dose elevada, a aconitina é um dos mais violentos venenos para o sistema nervoso, e os tubérculos colhidos servem essencialmente para obter esse alcalóide. É utilizada como componente de misturas medicinais analgésicas (reumatismos, gota, ciática, dores de dentes), fornecidas unicamente mediante receita médica. É igualmente um remédio eficaz contra as dores e as afecções devidas a resfriamentos.

Tags: , , , ,


Veja Também:

Comments (1)     Envio por Email Envio por Email


Camomila (Chamomilla suaveolens) – O que é?

Categoria(s): Medicina das plantas


Fitoterápicos

Chamomilla suaveolens

Planta herbácea anual com caule ereto, muito ramificado e densamente folhoso. As folhas divididas são sésseis e alternas. Os capítulos aparecem isoladamente na extremidade das ramificações do caule; são de cor verde-amarelada, com um receptáculo cônico e oco, sem lígulas periféricas. Os frutos são aquênios.

Toda a planta liberta um odor agradável. A espécie é originária da América do Norte e da Ásia oriental: no século passado foi introduzida na Europa através dos jardins botânicos e aí se naturalizou depois com uma rapidez fulgurante. Encontra-se à beira dos caminhos, nos pátios, nos locais abandonados. Substitui perfeitamente a verdadeira camomila nas regiões frescas onde esta não consegue crescer.

Tags: , , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email


Camomila (Chamomilla suaveolens) – Qual sua indicação terapêutica?

Categoria(s): Distúrbios da pele, Distúrbios digestivos, Medicina das plantas


Fitoterápicos

Chamomilla suaveolens

Da camomila colhe-se o capítulo, apanhado com um pedúnculo muito curto na altura em que desabrocha plenamente. Após secagem à sombra, em camadas finas, sem manipulação, obtém-se uma droga de odor agradável que deve ser conservada em recipientes fechados. A camomila contém um óleo essencial, taninos, glicosídeos, um suco amargo. Possui a tisana que é adjuvante no tratamento da gripe (sudorífico); é igualmente eficaz nas perturbações digestivas (desinfetante e carminativo) e expulsa os parasitas intestinais.

Decocções fortemente concentradas servem para a higiene oral e para a lavagem de erupções cutâneas e eczemas.

Tags: , ,


Veja Também:

Comentários     Envio por Email Envio por Email